Login do Usuário



Online

Nós temos 34 visitantes online

Banner
Página Inicial
Dilma assina medida que pode gerar greve na PF PDF Imprimir E-mail
Escrito por Saga Policial   
Ter, 14 de Outubro de 2014 15:56

pf-sangue-700x525

 

Decreto publicado hoje também melhora concursos públicos na PF. Já a Medida Provisória pró-delegados gera tensão no DPF, pode evitar vazamentos de operações e greve é cogitada.

 

14/10/2014

A presidente Dilma Rousseff assinou uma medida provisória que transforma o cargo de diretor-geral da Polícia Federal em função exclusiva de delegados de classe especial, ou seja, que ocupam o último nível da carreira.


O texto publicado nesta terça-feira (14) no "Diário Oficial" da União também prevê que os candidatos a delegados da PF precisam ser bacharéis em direito e comprovar experiência judicial ou policial de três anos. Anteriormente, para disputar uma vaga nos concursos para delegado da corporação bastava ser formado em direito.


A medida provisória tem validade de até 120 dias, caso não seja aprovada pelo Congresso. Isso significa que, se um novo diretor geral da PF for nomeado até fevereiro de 2015 —já no novo mandato presidencial— será necessário respeitar a regra.


Em plena campanha eleitoral, Dilma, candidata à reeleição, fez um afago aos delegados, atendendo a pleitos da categoria. Ao assinar a medida provisória, contudo, a presidente criou um problema com os agentes, escrivães, papiloscopistas e peritos da PF. Os agentes já discutem fazer uma paralisação para protestar contra a medida.


"Foi um tiro no pé. O governo não pensou bem. Está dando aos delegados a possibilidade de dominar todas as atividades da PF", reclama o vice-presidente da Fenapef (Federação Nacional dos Policiais Federais), Luís Antônio Boundens.


Para ele, a medida provisória limita aos delegados o exercício de todos os cargos de direção da corporação e também permite, ao exigir uma condição diferenciada para o ingresso na PF, que eles pleiteiem salários maiores.


A exigência de experiência de três anos para delegados já havia provocado polêmica, arrastado a votação e acabou retirada do texto de outra medida provisória, que tramita no Congresso e aumenta em 15,8% os salários de agentes, escrivães e papiloscopistas da PF. Aprovada pela Câmara, essa medida ainda precisa passar pelo Senado para garantir o reajuste e a exigência de nível superior para os candidatos a policiais federais.


O governo, contudo, incluiu a proposta retirada pela Câmara na nova medida provisória, que passou a vigorar nesta terça.

 

Leia mais...
 
Está aberta a inscrição do concurso da Polícia Federal – reta final! PDF Imprimir E-mail
Escrito por Marcio Gerente   
Seg, 06 de Outubro de 2014 08:25

chamada pf22

 

 

Estão abertas as inscrições para 600 vagas de Agente da Polícia Federal!

Leia dicas para a “reta final” dos estudos!

 

06/10 – Saga Policial

Começa hoje, 06/10 (10 horas), e vai até o dia 26/10, a abertura das inscrições do Concurso Público de Agente da Polícia Federal 2014 (Edital nº 55/2014), destinado ao provimento de 600 vagas, sendo 30 delas exclusivas às pessoas com necessidades especiais e 120 para candidatos negros.

 

O concurso será executado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos, o famoso Cespe/UnB, e as inscrições podem ser realizadas através da “Ficha de Inscrição Online” no site do próprio Cespe – Link  http://www.cespe.unb.br/concursos/DPF_14_AGENTE/. A taxa cobrada pela participação é de R$ 150. O cargo faz parte da carreira policial com exigência de nível superior para ingresso.

As etapas do concurso incluem Provas Objetiva, Discursiva, Exame de Aptidão Física, Exame Médico, Avaliação Psicológica, Investigação Social e Curso de Formação Profissional, cujo resultado final será válido por 30 dias, prorrogável por igual período.

 

 Anote e guarde as principais datas

 

- Data da prova: dia 21/12 no período da tarde, com duração de 5 horas.

- Resultado da prova objetiva e provisório da discursiva: dia 26 de janeiro.

- Teste de aptidão física (TAF): 20 a 24 de fevereiro.

- O sonhado curso de formação profissional (academia de polícia): ocorrerá entre os dias 03 de agosto a 18 de dezembro de 2015.

 

Atribuições do cargo e remuneração

 

O policial irá executar investigações e operações policiais na prevenção e na repressão a ilícitos penais, dirigir veículos policiais, cumprir medidas de segurança orgânica, desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

A jornada de trabalho possui carga horária de 40 horas semanais em regime de tempo integral e dedicação exclusiva. 

 

Conforme a Tabela de Remuneração dos Servidores Públicos Federais, atualizada no mês de junho/2014, o salário efetivamente creditado, contando com todos os benefícios, foi de R$ 8.416,05 para policiais em início de carreira (terceira classe). Com o aumento salarial já aprovado, porém ainda não regulamentado, a remuneração (subsídio) passa para o valor de R$ 9.075,20. 

 

O Agente de Polícia Federal é remunerado exclusivamente por subsídio, fixado em parcela única, que não contempla outras gratificações, exceto as seguintes parcelas remuneratórias: 

 

1 – Vencimento base

2 – Gratificação de atividade

3 – Valores da gratificação por Operações especiais – GOE

4 - Gratificação de atividade Policial Federal

5 – Gratificação de compensação orgânica

6 – Gratificação de atividade de risco

7 – Indenização de habilitação profissional

8 – Vantagem pecuniária individual

 

Nova Lei de Cotas Raciais

 

Este novo concurso paraAgente de Polícia Federal 2014 trouxe algumas mudanças no que se refere à distribuição de vagas.

Este é o primeiro concurso da Polícia Federal que foi aplicada a nova Lei de Cotas Raciais (Lei 12.990/14) que entrou em vigor dia 9 de junho deste ano. 

Confiram os números abaixo: 

Leia mais...
 
Dicas para seu sucesso - "somente um concursando compreende" PDF Imprimir E-mail
Escrito por Marcio Gerente   
Dom, 28 de Setembro de 2014 11:26

dicas

 

 

Somente um concursando compreende outro concursando – leia a trajetória de um aprovado para a PCDF, candidato do concurso de APF 2014 e ganhe pontos com sua experiência de sucesso!

 

Bom, gostaria de agradecer a oportunidade de redigir este depoimento e o faço com o objetivo de motivar e quem sabe orientar diversos companheiros que estão nesse caminho, que como resultado só restará à vitória aos que não desistirem.

 

Desde a adolescência sempre me interessei pela área militar/policial, nessa época cheguei até tentar alguns concursos para ESA, ESAF, ExPCex, mas sem sucesso. Em meados de 2009 iniciei meus estudos para um concurso específico, na época para o Departamento Penitenciário Federal, foi onde obtive meus primeiros contatos com as disciplinas de direito, bem como “português” (coloco entre aspas, pois pensava que sabia alguma coisa...rs) e RLM. Devido ao pouco tempo de estudo, cerca de três meses antes da prova, não obtive sucesso, porém, em um cursinho havia um professor que acabou se tornando um amigo e que teria um papel muito importante futuramente.

 

Logo após o concurso do DEPEN surgiu um para o Corpo de Bombeiros do meu Estado, nesse eu obtive sucesso, mas eis o grande problema: o teste físico. Dentre as exigências havia um teste de mergulho de quatro metros onde acabei rodando, descer eu até consegui, mas e quem disse que eu consegui subir! Que sufoco! Confesso que foi frustrante, pois já o tinha como garantido, já havia feito alguns planos, total falta de experiência nesse ramo de concurso mesmo e a famosa bisonhice.

 

Desiludido, acabei por optar em iniciar outra faculdade, já havia iniciado uma anteriormente, mas não consegui prosseguir devido a necessidades financeiras. Possuía o interesse em cursar direito, contudo, na época como eu era candidato bolsista do Prouni não havia vagas para esta graduação e acabei optando por contabilidade (sem ao menos saber que me ajudaria, e muito, naquilo que estaria porvir). Pouco antes de me formar, em 2011, sem muitas perspectivas profissionais, decidi novamente retomar o estudo para concursos, agora com a ideia bem mais amadurecida, fui buscar um grande sonho antigo, a Polícia Federal. 

Leia mais...
 
Publicado edital para Agente de Polícia Federal com 600 vagas PDF Imprimir E-mail
Escrito por Marcio Gerente   
Sex, 26 de Setembro de 2014 08:18

Chamada edital PF

 

 

Publicado edital para Agente de Polícia Federal com 600 vagas

 

Polícia Federal publica edital no último dia do prazo – prova será dia 21/12. 

Lotação será no AC, AP, AM, MT, MS, PA, RO, RR e unidades de fronteira.

Taxa de inscrição de R$150,00 entre os dias 06 e 26 de outubro.

 

26/09/2014 – Saga Policial (última atualização - 27/09 16:30)

A Polícia Federal lançou nesta sexta-feira, último dia do prazo para publicação, o aguardado edital do concurso público para o cargo de Agente de Polícia Federal, que disponibiliza 600 vagas de nível superior, incluindo neste total 30 vagas para pessoas portadoras de deficiência e 120 vagas para candidatos que se declararem negros conforme critério do IBGE. O edital foi publicado na Seção 3 do "Diário Oficial da União" desta sexta-feira (26), entre as páginas 104 e 115. O link do concurso já está disponibilizado no site do Cebraspe, denominado Cespe/UnB.

 

Para a escolha de lotação serão disponibilizadas vagas, preferencialmente, nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia e Roraima e em unidades de fronteira.

  

As vagas que surgirem em decorrência do resultado do concurso de remoção do Departamento de Polícia Federal não serão necessariamente oferecidas para a escolha de vagas dos concluintes do Curso de Formação Profissional desse concurso público. Porém, no último concurso para o cargo, apesar da mesma restrição de lotação, foram abertas poucas vagas em outras regiões, preenchidas conforme a colocação do candidato no curso de formação.

  

Para as 600 vagas de agente os candidatos devem ter diploma de conclusão de curso superior em nível de graduação em qualquer área e carteira nacional de habilitação de categoria, no mínimo, B. O salário inicial atual é de R$ 7.514,33; ainda sem o último aumento, que não foi regulamentado.

 

O concurso terá a primeira etapa constituída de prova objetiva, prova discursiva, exame de aptidão física, exame médico e avaliação psicológica. A segunda etapa será o curso de formação profissional (CFP).

 

Outras etapas

O candidato será submetido à investigação social e/ou funcional, de caráter unicamente eliminatório, no decorrer de todo o concurso público, desde a inscrição até o ato de nomeação. O candidato, a critério da administração, poderá ser avaliado em exame antidrogas no decorrer de todo o concurso público, desde a inscrição até o ato de nomeação, além da entrega do exame laboratorial.

 

O candidato poderá ser submetido a avaliações médica e psicológica complementares, de caráter unicamente eliminatório, durante o Curso de Formação Profissional.

 

Datas das provas

A prova objetiva e a prova discursiva terão a duração de 5 horas e serão aplicadas na data provável de 21 de dezembro, no turno da tarde. As provas serão aplicadas em todas as capitais do país.

 

Os locais e o horário de realização da prova objetiva e da prova discursiva serão publicados, em edital, no Diário Oficial da União e divulgados na Internet, no site do Cespe/UnB, na data provável de 10/12.

 

A prova objetiva será composta de 120 itens para julgamento de certo ou errado. A prova discursiva será um texto dissertativo com no máximo 30 linhas.

 

As matérias exigidas no concurso são língua portuguesa, noções de informática, atualidades, raciocínio lógico, noções de administração, noções de economia, noções de contabilidade, noções de direito penal, noções de direito processual penal, noções de direito administrativo, noções de direito constitucional e legislação especial.

 

Os exames de aptidão física estão previstos para serem aplicado entre os dias 20 e 24 de fevereiro e serão constituídos de teste de barra fixa (mínimo de 3), teste de impulsão horizontal, teste de corrida de 12 minutos e teste de natação de 50 metros, com critérios iguais a do último concurso ao cargo.

 

O curso de formação profissional será realizado na Academia Nacional de Polícia, em Brasília, em regime de internato, exigindo-se do aluno tempo integral com frequência obrigatória e dedicação exclusiva, no período provável de 03 de agosto a 18 de dezembro de 2015, das 7h30 de segunda-feira às 18h de sábado.

 

O resultado final na prova objetiva e o resultado provisório na prova discursiva serão publicados, em edital, na data provável de 26 de janeiro.

 

 O concurso terá como prazo de validade 30 dias, prorrogáveis uma única vez por igual período, contados a partir da data de publicação da Portaria de Homologação do resultado final do Curso de Formação Profissional.

 

 

Anote e guarde as principais datas  

Leia mais...
 
Polícia Federal possui mais de 4.000 cargos vagos - Edital APF 2014 PDF Imprimir E-mail
Escrito por Saga Policial   
Qui, 25 de Setembro de 2014 10:14

pfnota

 

 

Polícia Federal possui mais de 4.000 cargos vagos

 

 

Edital de concurso público para o cargo de agente precisa ser publicado até amanhã, 26/09, prazo final de sua autorização

 

 

25/09/2014

Matéria de hoje do “diariodopoder” traz levantamento de dados, compilados com base no Boletim Estatístico de Pessoal, do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, que mostram uma reversão no atual governo da presidente Dilma Rousseff relacionado com o crescimento do efetivo da Polícia Federal ocorrido no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Levantamento do Estado mostra que o atual governo permitiu uma redução no número de delegados, peritos, escrivães e agentes da Polícia Federal.

 

No comparativo com o último mês do governo Lula, Dilma chegou a junho de 2014 com 6% menos servidores em atividade na Polícia Federal. A contração atinge delegados (-7%), escrivães (-7%) e peritos (-2%). “Temos em torno de 4 mil cargos vagos, que um dia foram ocupados por agentes, delegados, e que hoje estão abertos. O ideal seria, no mínimo, triplicar o número de servidores”, afirma o presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Jones Borges Leal. “Tem uma crise institucional no órgão, ganhamos menos do que há dez, doze anos, perdemos 16 colegas por suicídio na gestão atual. A polícia hoje está doente, muito doente, e não enxergo que a Polícia Federal esteja vivendo às mil maravilhas”, afirma o presidente da Fenapef, na reportagem.

 

Em texto sobre diretrizes de governo publicado na internet, Dilma afirma que “o fortalecimento das Polícias Federal e Rodoviária Federal teve sequência, com investimentos em recursos humanos e inteligência, com adoção de ferramentas de alta tecnologia”. Segundo o presidente da Fenapef, “o governo foi eficiente em novos equipamentos, viaturas, armamentos, mas, com o servidor propriamente dito, não”.

 

Edital concurso APF 2014

A realização do concurso público para preenchimento de 600 vagas do cargo de Agente de Polícia Federal foi autorizado pela Portaria nº101 do MPOG, publicada em 26 de março de 2014 no DOU. O prazo para publicação do referido edital, segundo a mesma portaria, termina amanhã, 26 de setembro. Não havendo edital de abertura dentro do prazo, a autorização concedida perderá seu efeito.

 

Leia mais...
 
Cespe/Unb é a escolhida para o Concurso da PF – Veja novas dicas de aprovados! PDF Imprimir E-mail
Escrito por Saga Policial   
Seg, 15 de Setembro de 2014 10:05

10360410 502304509903391 2598750999729262388 n

 

 

Cespe/UnB é escolhida para o Concurso da PF 2014 - Leia aqui novas dicas para sua aprovação!!

 

Nesta sexta-feira, 12/09, a Polícia Federal, através de sua página oficial do Facebook, informou que o Cespe/UnB será a organizadora do próximo concurso do órgão para 600 vagas do cargo de agente de Polícia Federal.

 

 A informação através das redes sociais pegou a todos de surpresa, apesar da grande expectativa de espera para este anúncio. Na divulgação diz que a publicação do extrato de dispensa de licitação no "Diário Oficial da União" deve ocorrer nos próximos dias. O concurso foi autorizado por meio da portaria nº101, publicada no DOU em 27 de março deste ano e a publicação do edital deve ocorrer até o próximo dia 26 de setembro, prazo máximo.

 

Os candidatos devem intensificar os estudos direcionados para esta banca, principalmente através de exercícios e simulados. Aqui no Saga Policial há diversas dicas sobre as provas do Cespe/UnB e também dicas de estudo para os candidatos obterem sucesso no concurso, sem os apelos milagrosos e mal intencionados dos cursos preparatórios. Basta nossos leitores realizar as pesquisas no campo superior direito de nosso site (pesquisar...).

 

11 dias para publicação do edital!!

Para iniciar esta reta final do concurso, visto que faltam poucos dias para a publicação do edital, publicamos o depoimento de um aprovado no concurso da Polícia Federal que participou do MISSÃO PAPA FOX. Leia abaixo e inicie já seus estudos direcionados!!

 

“Fala galera, sou Romulo Barcellos, tenho 23 anos e sou do Rio de Janeiro.  Vou contar pra vocês um pouco da minha trajetória de estudos até a aprovação para Escrivão de Polícia Federal, cargo que vou exercer com muito orgulho.

 

Não sou formado na área jurídica e por isso comecei meus estudos praticamente do zero em 2012. Fiz 3 semanas de cursinho presencial e logo percebi que, para mim, renderia muito mais estudar em casa, através de apostilas/cursos na internet. Segui um ano num ritmo forte de estudos, sem tempo para nada e sem dinheiro. Estudava de segunda até sábado de tarde, em média 8 horas por dia, cronometrado. Sábado à noite e domingo eu tirava o dia pra descansar. Entretanto, como eu nunca tinha prestado concurso, ainda faltava ritmo e experiências com provas, aspectos fundamentais para aprovação. Foi nesse período que, visitando o site Saga Policial, vi a indicação do grupo de estudos Missão Papa Fox e não pensei duas vezes em participar.

 

Leia mais...
 
Aqui começa a unificação das polícias no Brasil PDF Imprimir E-mail
Escrito por Saga Policial   
Qui, 28 de Agosto de 2014 12:06

UNIFICAÇÃO

 

Dilma vai fazer nas próximas semanas a PEC da Segurança

 

BRASÍLIA - A presidente Dilma Rousseff disse nesta quarta-feira que mandará para o Congresso, nas próximas semanas, uma proposta de emenda constitucional (PEC) mudando o papel da União na segurança pública, hoje uma competência dos estados, conforme antecipou O GLOBO. Segundo Dilma, o governo federal pretende manter o sistema de integração das forças de segurança federais e estaduais adotado na Copa do Mundo. A ideia, disse a presidente, é implantar Centros de Comando e Controle nas 27 capitais brasileiras, em até um ano e meio.

 

— Sabendo que a questão da segurança pública pela Constituição é uma competência dos estados e sabendo que o crime organizado atua de forma coordenada tanto no território nacional quanto em âmbito internacional, não é possível que a atuação do Brasil seja fragmentada entre os diferentes entes da federação - estados, União e municípios. Não só fragmentada entre os entes federados, mas entre os órgãos de segurança — disse a presidente, em entrevista no Palácio da Alvorada.

 

Segundo Dilma, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, está negociando a proposta com os estados. A presidente afirmou que a proposta vai respeitar "a autonomia dos estados e a cadeia de comando dos diferentes órgãos".

 

— Tivemos uma experiência de que era possível atuar juntos. Tivemos uma experiência de Centros de Comando e Controle em doze cidades da Copa que atuaram de forma efetiva durante todo o período da Copa, que era um período que causava preocupação, obviamente, com aquela quantidade de gente aqui. Além da população brasileira, teve um fluxo de turistas — disse a presidente, abordando um tema que está entre os que mais preocupam a população brasileira.

 

Leia mais...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 2 de 14
Banner